Politécnico de Tomar tem 65 vagas disponíveis para bolsas de mestrados e cursos técnicos superiores profissionais

Em Educação

O Instituto Politécnico de Tomar tem 65 vagas disponíveis para bolsas reembolsáveis da Fundação José Neves (FJN) em 13 mestrados e cursos técnicos superiores profissionais.

As candidaturas para os alunos desses cursos estão abertas até ao dia 15 de dezembro e a FJN tem disponíveis cerca de 1.3 milhões de euros para investir no pagamento de propinas até final do ano. O programa ISA FJN garante o pagamento integral da propina e esse investimento só é reembolsado se e quando o estudante atingir as condições para o fazer de forma sustentada. Para obter mais informações e efetuar candidatura basta visitar a página web https://joseneves.org/pt/isa.
Esta é a lista de mestrados e cursos técnicos superiores profissionais abrangidos pelo ISA FJN no Instituto Politécnico de Tomar: Design Multimédia; Informática; Manutenção de Sistemas Mecatrónicos; Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação; Tecnologias Integradas de Produção Industrial; Animação e Modelação 3D e Jogos; Design Editorial; Engenharia Eletrotécnica; Engenharia Informática – Internet das Coisas; Realização e Produção Televisiva; Som e Imagem; Tecnologia Química; Web e Dispositivos Móveis.
“O ISA FJN é um programa de apoio para todos os portugueses que pretendam investir na sua educação, independentemente da situação pessoal, profissional ou capacidade financeira. pretendemos democratizar o acesso à educação. Desde setembro de 2020, a FJN já contribuiu para mudar a vida de muitos portugueses, através da atribuição de 178 bolsas, resultado de um investimento superior a 1,2 milhões de euros no pagamento de propinas. A formação e a aprendizagem ao longo da vida são cruciais para responder aos desafios do futuro que requerem novas e diversificadas competências”, adianta Carlos Oliveira, Presidente Executivo da Fundação José Neves.
O ISA FJN é um programa de bolsas reembolsáveis, baseado no modelo de acordo de partilha de rendimentos (Income Share Agreement) e tem como objetivo apoiar os portugueses no acesso aos cursos e formações que lhes permitam adquirir as competências para os empregos do futuro, através do pagamento integral da propina.
Dirigido aos estudantes e a todos aqueles que já estão no mercado de trabalho, o ISA FJN facilita o acesso dos portugueses a cursos e formações onde existe uma grande necessidade de talento. O estudante só reembolsará este apoio à Fundação quando e se atingir as condições previamente definidas.
No total, entre universidades, institutos politécnicos e diversas escolas de formação prática e intensiva, são já 252 os cursos elegíveis e 36 as instituições parceiras do ISA FJN. Os interessados em beneficiar deste apoio deverão submeter a sua candidatura em https://isa.joseneves.org/, em paralelo com a inscrição na instituição de ensino do curso elegível.
Além do ISA FJN, a Fundação José Neves conta também com a plataforma Brighter Future, que é a maior base de conhecimento sobre Educação e Competências em Portugal, ao permitir comparar e relacionar informações sobre cerca de 4.000 cursos e formações, mais de 200 profissões e mais de 200 competências relevantes. Esta plataforma transforma dados em factos e informação relevante para que profissionais e estudantes possam tomar as melhores decisões para o seu futuro.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Recentes de Educação

Feedback
Ir para Início