Sessão online na Feira Empresarial do Sorraia – Digitalização dos Negócios, o desafio para a transformação das empresas

Em Empresas

A Digitalização dos Negócios foi o tema da sessão informativa realizada online, no âmbito da Feira Empresarial digital do Sorraia, que está a decorrer até 31 de outubro, com a participação de 56 expositores e 329 produtos e serviços, de empresas dos concelhos de Coruche, Salvaterra de Magos e Benavente.

Coube ao Presidente do Núcleo NERSANT da Região do Sorraia, José Balbino, dar as boas-vindas aos empresários participantes neste primeiro webinar do ciclo de sessões informativas no âmbito da Feira Empresarial do Sorraia.

O orador desta sessão online foi Sílvio Duque, professor do ensino superior na área do marketing, consultor e formador nas áreas de economia digital e organização e gestão de empresas.

Sílvio Duque começou por abordar os conceitos de digitalização versus transformação digital. A digitalização é a transformação de métodos manuais em digitais, com a utilização de ferramentas como a internet das coisas, big data, entre outras. Atualmente mesmo processos industriais de produção em massa beneficiam da influência da tecnologia nos seus resultados.

Já a transformação digital é o processo de integrar tecnologia digital em todos os aspetos da empresa, o que exige mudanças fundamentais de tecnologia, cultura, operações e entrega de valor. Para aproveitar melhor as tecnologias, uma empresa precisa de se reinventar, transformando os seus processos e modelos.

Digitalização é um bom investimento tendo em conta custo/benefício

Este especialista referiu um estudo da OCDE que aponta para uma média de 5 horas perdidas por semana numa empresa na procura de documentos. Se sofre esse problema na sua empresa saiba que existem ferramentas digitais e soluções de otimização de processos produtivos, otimização de recursos humanos e otimização da gestão de qualidade. “Um investimento nestas ferramentas digitais não é de todo elevado, tendo em conta a relação custo/benefício”, afirma Sílvio Duque.

Há três elementos essenciais a ter em conta no processo de digitalização/transformação digital da empresa. A começar pela “liderança comprometida”, que implica o envolvimento dos cargos diretivos em todo o processo de mudança, passando depois pelos colaboradores, que são sempre a parte mais importante de uma empresa, e que devem adquirir as competências necessárias, através de formação, sob o risco de comprometer a mudança.  O planeamento surge como terceiro elemento essencial desta transformação digital/digitalização, sendo necessário avaliar os processos atuais, fazer o levantamento da literacia digital dos recursos humanos, pela pesquisa de alternativas (trabalhar com os recursos internos ou recorrer a consultoria externa), fazer uma avaliação do mercado, e passar depois à implementação de medidas e à avaliação do seu impacto, com a adoção de medidas corretivas.

NERSANT oferece consultoria especializada para a transformação digital das empresas

Tendo em conta o nível de incorporação tecnológica das empresas portuguesas que se encontra 61% abaixo das congéneres europeias, Sílvio Duque defende que as empresas devem agarrar todas as potencialidade e oportunidades ao seu dispor, sendo a qualificação dos recursos humanos um aspeto essencial, devem apostar na formação do pessoal para enfrentar as mudanças. Entre os muitos apoios existentes, refere o Portugal 2020 que está a terminar ou os fundos do Portugal 2030 e do PRR. Sílvio Duque destaca o programa MOVE da NERSANT, que oferece às empresas serviços de consultoria especializada, que podem ser a solução, pelo fácil acesso para qualquer empresa, tanto a nível financeiro como burocrático.

 Próxima sessão informativa sobre Medidas de autoproteção para as Empresas

O ciclo de sessões informativas online da Feira Empresarial do Sorraia prossegue, no dia 18 de outubro, às 16h00, com a sessão sobre Medidas de Autoproteção obrigatórias para as empresas (inscrição em: https://link.nersant.pt/AGENDA1137 

Energia – a necessidade de reduzir custos com fontes alternativas é o tema da sessão agendada para dia 21 de outubro, pelas 16h00 (inscrição em: https://link.nersant.pt/AGENDA1138 )

A terminar este ciclo vai realizar-se do dia 28 de outubro, pelas 16h00, uma sessão dedicada ao tema A Restauração de futuro – Quais os desafios (inscrição em: https://link.nersant.pt/AGENDA1139 )

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias para receção do link de acesso à sessão.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*